Ocorreu um erro neste dispositivo

Oláááá.. :D

Olá Blogger's,

Devo de já avisar, que este é o meu Blog official,
onde coloco, tudo! E mais alguma coisa...
Onde mostro o meu verdadeiro eu, por detrás do que dizem, falam ou comentam , devido ao meu historial no Facebook. :)

Espero que gostem...

... qem nao GOSTA , NA OLHA!! :'D

Filipinha Antonello <3




quarta-feira, março 23, 2011

A Filipa Antonello

Filipinha  Antonello que...

Filipinha Antonello, que joga Wii :$
Filipinha Antonello, que cozinha :p
Filipinha Antonello, q te chateia bué :p
Filipinha Antonello, q é boazona :D
Filipinha Antonello, q dança :D
Filipinha Antonello, q qer aprender kuduro xD
Filipinha Antonello, q desenha :$
Filipinha Antonello, q brinca aos papás :'b
Filipinha Antonello, q faz SexCall ahah
Filipinha Antonello, q ri quando se deve chorar e chora quando se deve rir xD
Filipinha Antonello, simpática! :))
Filipinha Antonello, q tu qerias namurar! ahah
Filipinha Antonello q tu qerias cumer, mas q na podes e q na deves!! =))

" Eu Sou A Mulher Que Deus Qeria Para Casar ! "
: D

4 comentários:

jorge disse...

cada vez melhor o teu blog ;) m mais bonito...

Luís Brandão disse...

eu sou deus antes de mais... é com a maior honra que digo a filipa antonello é a minha alma gémea. é o meu porto é o meu sol. adoro-te, ainda bem que estas na minha vida, que seja eterno e intenso esse estar. és unica, és perfeita, és sem duvida a miuda que eu ariscava tudo. adoro-te muito mesmo muito* e hoje fiquei sem palavras. filipa :)* tu sabes como te sinto. L.B amu mais hoje mas menos que amanhã ;)

Luís Brandão disse...

a serio um comentario não dá para exprimir tudo o que sinto. mas não sei é lindo é true é magico adoro-te. Luis Brandão-Filipa Antonello. ADORO-TE.

Luís Brandão disse...

e como não podia deixar de ser tinha que escrever isto. um poema inédito. porque a coisas que surgem para ficar sempre e isso eu chamo de benção.

bella um poema eterno


hoje gosto mais do que ontem mas menos que amanhã.
um cabelo no escuro disléxico, e acontece o morno
resfriamento dos sentidos secundários e o aquecimento dos
primários. uma troca de mecanismos elevadamente dispersos
e acontece, uma palavra violar outra em troca de um lugar.
um espaço temporário é doce e repleto de formas displicentes.
é vem e vai e torna à sua forma ideal, (fica) inteiramente disposto
na sobreposição dos desejos íntimos mais reciclados. reagrupados
em outros desejos de sede, os diálogos embaciam a vida de um pássaro.
um bom raro um bom que interlaça indicativos de primavera
num contraste metabolizam-te de céu e sangue.
um bom raro rasgando esteticismos de hora, hoje, e um cabelo no escuro
renasce na frieza imperfeita dos lábios. hoje e abro a caixa de email
da alma, e in-transito pelos ine() espaços do facebook.
hoje e só faltava acontecer um novo campo de pulsos toldados de suave.
hoje e só hoje não desvendas por impulso o fim, porque a brisa é eterna, e tu um
u m alg ori tmo do tem po.
hoje gosto da absolvição por medida de todos os contrastes negativos,
existentes no mar. gosto mais da
assimilação por direito dentro da pele.
um cabelo será sempre um silêncio e um silêncio será sempre uma voz .
é muito bom o prelúdio emocional de dois futuros.
de dois passados íntimos. de dois hoje acoplados
onde a seda é o desconforto das regras e gesto o superlativo fazível
de um corpo imperfeito.
como é bom amar o imperfeito.
E hoje, gosto mais que ontem e menos que amanhã
E como é bom escutar o silêncio sem abdicar de sentir a tua voz.




L.B ( para ser sempre teu este poema)

Dedicado com muita sinceridade e porque hoje tudo faz sentido. 