Ocorreu um erro neste dispositivo

Oláááá.. :D

Olá Blogger's,

Devo de já avisar, que este é o meu Blog official,
onde coloco, tudo! E mais alguma coisa...
Onde mostro o meu verdadeiro eu, por detrás do que dizem, falam ou comentam , devido ao meu historial no Facebook. :)

Espero que gostem...

... qem nao GOSTA , NA OLHA!! :'D

Filipinha Antonello <3




sábado, outubro 01, 2011

O melhor de tudo ... a 3! :0 ( mas o q será.? eu sei la´sei lá.. )

Boas! Tudo bem? Depois de ter comunicado via Facebook ... que eu ia pôr algo de interessante por aqui no blog..Como todos sabem, meto coisas de sexo e desta vez, vou pôr cenas de sexo? esperem pra ler!!!
hihii.. ^^.

***
Numa destas férias de verão, lá estava eu , trancada na imensidão de uma terrinha no meio da beira baixa, 
nessa terrinha onde estão os meus avós, uma seca de terra! 
Com 5 casais de velhotes.. o q poderia ter acontecido nesta treta de terra?
Não subestimem as primeiras palavras, sirvam-se com o resto da historia..
Lá tinha a minha prima, loira, alta, olhos azuis uma miuda que nasceu em Londres e apaixonou-se pelo campo daquela terra, uma maluca do pior, afinal a maluqueira vem de familia!!
Eu, como nao tinha nada pra fazer, lá ia eu, pegava no meu notebook (Eee PC) e no telemovel, subia a serra pra queimar calorias, daqelas comidas caloricas e punha-me num estante ao pé dela, a fumar e a beber, na net e a conversar com ela.
Aquela miuda, tinha conversas que nem eu sei como tinha paciencia, mas tinha! Gosto dela! faz me rir!, pois é conversas... Todos os dias la ia eu subir a serra e ir pró paleio.
Um dia estava uma chuva do caraças e levei o carro, cheguei, parei o carro, e lá veio ela a currer, ficando toda mulhada, sentou-se ao pé de mim e disse-me: - Não se sou capaz.
E eu com cara de ótaria perguto-lhe:
- Não es capaz de que, prima?
Por momentos ficou calada a olhar pra mim, depois, a mão dela começou a tocar-me, aqelas maos frias da chuva tocavam-me nos ombros... encostou os lábios dela aos meus e beijou-me!
Beijos mulhados, de uns lábios mulhados de alguem que tinha apanhado uma boa chuvada.
- Para! o que estas a fazer? somos familia..
- somos primas em 3º grau. o que tem?
-Somos familia na mesma!
-Filipa por amor de deus, eu vi a maneira como me olhavas, vi que nem te importavas de ir a casa de banho cmg, ate de me vestir a tua frente! nem te importas te!
-Eu sei mas...
saca-me um linguado sem eu dar conta... Pensei "que se lixe!" fui pelo caminho que ela qeria levar, aquela maluca nem sutean tinha, tshrirt rosa a verse-lhe os bicos tesos do frio, trucamos umas caricias, umas lambidelas, ate se vir, depois disso permanecemos no porta bagagens agarradas uma a outra.
Foi bom, durou pouco, mas nao chegou.
Foi tão bom, que todos os dias nos viamos  e faziamos em sitios diferentes, na capela da aldeia, na cama dela, nas escadas do muro da igreja, num descampado e na garagem da casa velha dos nossos tios.
Durou cerca de 2 semanas, na terceira semana tentei beija-la e virou-me a cara, senti que algo se estava a passar ali, algo nao estava certo, perguntei-lhe o que se passava nao me queria responder, parei de pressionar a resposta. beijou-me e disse me "Eu tenho namurado" e eu "o qÊ?? pq nunca me disses te nada? tenho cara de miuda? eu ia compreender-te! "


***
Deixou de me falar durante 3 dias, no quarto dia veio ter cmg, pediu-me desculpa e perguntou-me se queria ter relações a 3!
wooow, que cena. Admito que todos nos pecamos em pensamento, pequei, sempre tive curiosidade de fazer a 3, amei a proposta, mas com uma certa vergonha.
Admito que não me importei...
Aceitei.
***
Cnheci o namurado dela, o Tiago, um rapaz alto belo, com cara de drogado, mas que se lixe, nao o queria ter como namorado.. Fomos para a casa dele, uma casa tipica de aldeia, ele morava 4 ou 5 aldeias abaixo da nossa aldeia, a casa cheirava a velha, antiga. 
Durante  caminho todo, ela disse-me pra nao ter receio, may ya eu receio? tshii vou bombar!! :p
Olhou pra mim, espetou-me um beijo sem o conhecer :S fiquei em panico, mas começei a por me a vontade, ligou a radio, pos shakira , tudo normal.
Ela agarrou-me, começou a beijar-me, beijos humidos, o namurado dela ja ficou vidrado com os beijos 
( Homens --')
continuamos.. ela pos a sua mão a russar na minha cona, enquanto me beijava desapertou-me os calçoes, ( enquanto o namurado sentado no sofá, observava-nos)... 



Esperem pela PARTE II, MUITAS LETRAS VÃO RULAR
 agora vou sair beijosss*
Fica sempre em "Alto Nivel" , só aqui no meu blog ;)

1 comentário:

Anónimo disse...

Ganda TRETAAAA AHAHAHAHHAHAAHAHAH Metes tanta piada xDDD